Como o brasileiro cuida e quanto gasta com seus animais de estimação

#AgitoPet

Brasileiros consideram seus animais de estimação como um membro da família, como um filho ou um bebê

Animais de estimação são cada vez mais considerados como membros da família ou como um filho para seus donos. Eles passam mais tempo dentro de casa e recebem mais ração, sachês ou petiscos.

Com tanto afeto pelos bichinhos, é natural que o gasto com eles esteja crescendo. A média de gastos também cresça. Donos de cães gastam em média R$ 294 por mês, sendo R$ 121 de ração. Os donos de gatos gastam em média R$200, sendo R$ 90 de ração. Cerca de 8,7% das pessoas também gastam com plano de saúde, de acordo com uma nova pesquisa da CVA Solutions.

A pesquisa entrevistou 3.675 donos de cães e 2.270 donos de gatos em todo o país. De acordo com o documento, as petshops de bairros e as mega petshops concentram cada vez mais as compras, em detrimento de supermercados. Marcas de rações de fabricantes nacionais, como Golden, Premier, Foster e Magnus também ganham mercado.

Segundo dados da Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação), em 2016 o faturamento do setor foi de quase R$ 19 bilhões, e prevê-se que em 2020 esse número chegue a R$ 20 bilhões. O crescimento vem sendo superior a 5% ao ano.

Confira no infográfico abaixo dados sobre o mercado de animais de estimação, quais os principais cuidados com os bichinhos e quais as marcas mais fortes no mercado.

 

Fonte: Exame

Deixe uma resposta