1 a cada 3 cães têm algum tipo de sensibilidade

#AgitoPet

NUTRIÇÃO PIONEIRA PARA CÃES
COM SENSIBILIDADES CHEGA AO BRASIL

Pesquisa mostra que um a cada três cães
desenvolve algum tipo de sensibilidade

Após a condução de uma pesquisa global realizada com mais de dois mil cães, a ROYAL CANIN®, líder em nutrição saúde para gatos e cães,  identificou que um a cada três cães têm algum tipo de sensibilidade como, por exemplo, digestiva, cutânea, como coceiras e irritações, e relacionadas ao peso. Os dados mostram que 56% dos cães estão acima do peso, 12% têm sensibilidades digestivas, 45% vivem em áreas urbanas com contato à diversas fontes de estresse, e 17% apresentam sensibilidades na pele. 

“Mais da metade da população mundial de cães desenvolve algum quadro clínico de saúde que poderia ser evitado. Em muitos casos, a resposta para controlar esses quadros e impedir que se torne uma doença está na nutrição”, comenta a Médica-Veterinária e Líder da Área Científica da ROYAL CANIN® Brasil, Natália Lopes. Ainda, segundo o estudo, quando perguntado aos tutores o que eles mais desejam aos seus pets, 58% desejam uma vida livre de lesões e doenças; 58% uma vida longa; e 32% uma vida ativa. 

Com o intuito de melhorar ainda mais a qualidade de vida e bem-estar dos cães, a marca ROYAL CANIN® desenvolveu a linha de alimentos úmidos Canine Care Nutrition – a única no Brasil apropriada para algumas sensibilidades comumente manifestadas em cães. Canine Care Nutrition oferece uma refeição completa para o cão, com todos os nutrientes necessários, para todos os portes:

·       ROYAL CANIN® Light Weight Care para limitar o ganho de peso e manter a massa muscular. Fórmula com proteína de alta qualidade e baixo teor de gordura, além de fibras solúveis e insolúveis para ajudar os cães a se sentirem saciados, garantindo a digestão ideal. 

·       ROYAL CANIN® Digestive Care para equilíbrio da microbiota e melhor qualidade das fezes. Esta fórmula é criada com proteínas altamente digestíveis e uma mistura de prebióticos e fibras, oferecendo conforto digestivo. 

·       ROYAL CANIN® Dermacomfort para nutrição e proteção da pele mais irritada. A fórmula contém ácidos graxos ômega 3 e 6, além de proteínas selecionadas para reduzir as chances de intolerância.

·       ROYAL CANIN® Coat Care para nutrição da pele e da pelagem. Esta fórmula é criada com ácidos graxos ômega 3 e 6, além de GLA (presente no óleo de borragem).

Os alimentos úmidos da linha Canine Care Nutrition tem textura diferenciada e elevada palatabilidade para os cães. A vantagem deste tipo de alimento é que ele apresenta facilidade de preensão, tem alta digestibilidade para aproveitamento máximo dos nutrientes, além de colaborar para a hidratação do animal. 

“Os tutores, ao perceberem alguma das sensibilidades apresentadas em seus pets, sem sintomatologia clínica, podem oferecer Canine Care Nutrition. A recomendação é fazer uso exclusivo da linha para obtenção de resultados. Ela não substitui os alimentos coadjuvantes ao tratamento de doenças da Linha Veterinária, prescrita pelo Médico-Veterinário, assim como também não é recomendado o uso combinado entre elas. Se os sintomas de sensibilidade persistirem, é sempre importante consultar um Médico-Veterinário”, explica Natália. 

Com a chegada do lançamento da Linha Canine Care Nutrition no Brasil, a ROYAL CANIN® também deseja chamar a atenção dos tutores e educá-los no reconhecimento de sensibilidades na saúde do seu pet. Sinais simples como ganho de peso, pele mais avermelhada, pelagem opaca, podem ser o indício inicial de um problema mais grave.

O alimento úmido é muito mais que um petisco

Os alimentos úmidos da ROYAL CANIN® apresentam fórmulas precisamente balanceadas e completas, podendo ser utilizados sozinhos e combinados com os alimentos secos na nutrição dos pets.

Os benefícios do alimento úmido são inúmeros para a saúde do pet, dentre eles:

·       Textura diferenciada: maior atratividade do alimento.

·       Elevada palatabilidade: devido à textura e ao perfil aromático.

·       Facilidade de preensão: mais fácil de apanhar, mastigar e engolir o alimento.

·       Alta digestibilidade: máximo aproveitamento dos nutrientes.

·       Equilíbrio hídrico: colabora para a hidratação do animal.

·       Saúde do trato urinário: maior ingestão de água colabora para a diluição urinária e redução dos riscos de urolitíases.

·       Aversão alimentar: é uma importante opção para tratar esses casos.

· Neofobia alimentar: uma alternativa para animais que sofrem desse transtorno.Os produtos já estão disponíveis nos principais pet shops do país.
_

Deixe uma resposta