Cuidados especiais com os cães nas festas de fim de ano

#AgitoPet

Em época de comilança exagerada, a atenção com os pets deve ser redobrada para evitar maiores problemas

Quando o assunto alimentação surge, a polêmica costuma ser comum entre os donos de pets. Alguns, são adeptos de compartilhar os alimentos dos humanos com o seu animal de estimação. Outros, mais precavidos, focam em comidas exclusivas, como rações e petiscos preparados industrialmente, ideal para alimentação segura e com os nutrientes indicados para a saúde deles. 

Neste tema, a publicitária Francine Ther, criadora de conteúdo e dona da marca Amigo PUG, presente em diversas redes sociais, faz um importante alerta sobre os alimentos que são proibidos para os cães neste período de festas. “Principalmente para quem acabou de receber um filhote, e terá a casa cheia com crianças e até adultos, às vezes, uma simples ação inocente de oferecer o mesmo alimento que está consumindo, achando que pode estar apenas agradando o cãozinho, vai causar um grande problema para a família, colocando em risco a saúde do animal”.

Pensando nisso, e nas festas de fim de ano que se aproximam, Francine destacou alguns itens que são extremamente proibidos para seu Pug e demais cachorros. 

  • Salpicão: muito comum nas ceias brasileiras, o alimento é extremamente nocivo ao seu amigo de quatro patas, uma vez que contém diversos elementos excessivamente gordurosos, como maionese e outros temperos;
  • Farofa: a exemplo do item acima, também tem muita gordura e, além disso, é rica em sal, que faz muito mal ao cão;
  • Molhos: muito utilizado como acompanhamento de saladas e proteínas oferecidas na ceia, devem ficar distantes do seu amiguinho. Quando ingerido, podem gerar pancreatite ao seu Pug;
  • Chocotone: extremamente proibido! O chocolate, em alta quantidade no alimento, tem um composto chamado teobromina, que é tóxica aos cães e pode levar a óbito se ingerida em grande quantidade, independente da raça;
  • Nozes: comum na parte de entradas da ceia, qualquer tipo de nut faz muito mal ao seu amigo pug. Assim como o chocolate, elas são tóxicas e não devem ser ingeridas pelo seu bichinho;
  • Uva: apesar de ser uma fruta, quando ingerida em excesso pode gerar a falência dos rins de seu pet. Por isso, não dê para seu bichinho ingerir!
  • Bebidas: a ingestão de álcool é muito comum nessa época. Por isso, cuidado redobrado aqui: mesmo em pequena quantidade, a bebida alcoólica pode causar significantes intoxicações aos animais.

Na dúvida do que oferecer ao seu pet, fique no básico: mantenha a ração que já é de hábito do animal. Caso queira algo diferente, busque empresas especializadas em desenvolver uma alimentação natural para eles. Assim, você curte suas festas de fim de ano sem sustos posteriores.

Deixe uma resposta