Dicas para incentivar seu cão no dia a dia e mantê-lo entretido4 min de leitura

#AgitoPet

Mars Petcare destaca a importância dos estímulos físicos e mentais para promover o bem-estar dos pets

Imagem: Divulgação/Mars Petcare

Cães são animais cativantes que conquistam com a sua lealdade e personalidade afetuosa. Energéticos e sociáveis, os caninos precisam de estímulo mental e de atividades físicas regulares. Por isso, proporcionar um ambiente estimulante é essencial para o seu bem-estar físico e mental.

Para dar uma vida plena e satisfatória para os pets, além de uma dieta completa e balanceada adequada para suas necessidades nutricionais específicas, o tutor deve garantir que eles recebam a atenção e o cuidado diário necessários. Ao compreender sua importância e atender essa necessidade, o ambiente se torna mais acolhedor, permitindo que os animais expressem seus instintos naturais.

Para auxiliar os tutores, a Mars Petcare, especialista em nutrição e bem-estar animal, detentora das marcas ROYAL CANIN®, PEDIGREE® e WHISKAS®, compartilha dicas valiosas de como oferecer um dia a dia mais estimulante para o seu cão. Confira!

Enriquecimento ambiental

É fundamental investir no enriquecimento ambiental para o bem-estar do pet. Disponibilizar brinquedos interativos em áreas onde ele possa explorar e descobrir coisas novas cria um ambiente acolhedor para os cães. Além de satisfazer suas necessidades físicas, esse estímulo também mantém suas mentes ativas, minimizando problemas como o tédio e o estresse. Assim, a possibilidade de o pet desenvolver comportamentos indesejados decorrentes da falta de estímulos adequados é menor.

Atividades de caça

A caça é um instinto natural dos caninos. Eles têm um forte desejo de explorar e farejar e adoram jogos de esconde-esconde. Esconder brinquedos ou petiscos em diferentes ambientes pode ser uma boa maneira de encorajá-los a usar seu faro apurado, além de estimular suas habilidades cognitivas, mantendo os pets ativos. As brincadeiras que simulam caça podem fazer parte da rotina diária.

Brinquedos interativos

Brinquedos como os que dispõem de petiscos ou croquetes escondidos são ótimas opções para estimular o instinto caçador dos caninos enquanto eles se divertem. Brinquedos que emitem sons quando mordidos ou apertados também são muito positivos para proporcionar horas de entretenimento. Além disso, bolas ou discos são excelentes para interações de buscar e trazer. 

Variedade de brinquedos

Os cães podem ficar entediados facilmente com brinquedos familiares. Por isso, é importante oferecer mais de uma opção, desde bolas de borracha até cordas para puxar e brinquedos de pelúcia, sempre revezando entre eles, como forma de evitar tédio e comportamentos destrutivos. Para maior segurança, ao escolher um brinquedo, verifique se é destinado para cães, confira o tamanho em relação ao porte do animal e evite materiais rígidos que possam quebrar facilmente, prestando atenção a partes que possam se soltar e representar riscos durante as brincadeiras.

Passeios e exploração

Eles adoram explorar novos lugares e cheirar novos odores. Levar o cão para passeios regulares em diferentes ambientes proporciona estímulos mentais e mantém a saúde física do animal. Além de exercício físico, os passeios proporcionam estímulos visuais e olfativos que são essenciais para o bem-estar do pet. Explore parques, trilhas, ou até mesmo o bairro local para variar o cenário. A interação com outros cães também é uma forma valiosa de estimulação mental e melhora suas habilidades sociais. Entretanto, é fundamental considerar o horário dos passeios, evitando os momentos de calor intenso e exposição excessiva ao sol.

Treinamento e truques

A educação do cão é uma ótima maneira de estimulação mental. Treinar comandos básicos e participar de aulas de obediência não apenas desafia a sua mente, mas também fortalece a conexão com o tutor. Ensinar novos truques ao animal também é uma boa opção. Comece com comandos básicos como sentar, dar a pata e deitar, e, em seguida, avance para truques mais complexos. O uso de recompensas positivas, como petiscos, desde que fornecidos em quantidade limitada, é importante para incentivar o aprendizado. Além disso, contar com a orientação de um adestrador profissional pode ser valioso para aprimorar técnicas de treinamento, proporcionando ao cão uma educação equilibrada e reforçando ainda mais a relação de confiança e compreensão entre o animal e seu tutor.

É relevante lembrar que cada cão é único, e pode ser necessário adaptar as atividades de acordo com a personalidade, a idade e a condição física do animal. Consultar um Médico-Veterinário é muito importante para que o profissional possa ajudar a identificar as melhores opções para o seu pet.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *