Pets fazem bem para a saúde dos idosos

#AgitoPet

 

Veterinária da Petz orienta sobre as raças mais indicadas para conviver com pessoas mais velhas

Um simples carinho em um pet já provoca um efeito imediato no organismo humano. Estudos recentes mostram que essa interação traz benefícios à saúde física e emocional das pessoas, como a redução da pressão arterial, o controle da hipertensão e do estresse. O bem-estar provocado por essa relação é importante principalmente para as pessoas mais velhas, por causa dos estímulos que eles provocam e da companhia.

Por isso, a veterinária Karla Marques, da Petz, explica o que se deve considerar antes de escolher o cãozinho para o idoso. “O cão, certamente, será uma ótima companhia, porém o idoso tem que estar disposto a cuidar dele. O cão precisa de passeios diários, visitas ao veterinário, banho e tosa e muita atenção”, afirma a veterinária.

Ela orienta que é preciso também avaliar o comportamento de cada raça. As mais tranquilas são as mais indicadas. Deve-se considerar também expectativa de vida do cão e os cuidados exigidos como, por exemplo, se tem o pelo curto que não dá muito trabalho, ou pelo longo, que precisa de cuidados de tosa mensais ou escovações diárias.

Disposição

Outra dica da veterinária é com relação à idade do pet. “Um cão filhote é mais fácil de adestrar do que um cão adulto que vem cheio de manias. Porém um filhote é muito brincalhão e exige mais energia do seu dono. O ideal é que o filhote tenha pelo menos 6 meses, pois não precisará de tantas visitas ao médico veterinário para vacinas”, orienta Karla.

O tamanho do pet também depende da disposição do idoso. Cães muito pequenos não são indicados, pois costumam ser mais frágeis e delicados, o que acarretará atenção maior do idoso. Cães de grande porte são mais fortes e, às vezes, muito estabanados, podendo assim machucar o seu dono idoso, durante o carinho ou um passeio.

Dicas de raças para um idoso ter em casa:

Shih-Tzu – é uma raça de pequeno porte e muito tranquila, porém gosta muito de atenção e requer cuidados com a pelagem.

Lhasa-Apso – de pequeno porte, companheira e muito independente, e, assim como o shih-tzu, também requer cuidados com a pelagem.

Cocker Spaniel – de médio porte, requer certos cuidados com a pelagem, mas é uma raça muito companheira e protetora.

Chihuahua – é um latidor nato, porém é muito carinhoso e companheiro, não requer grandes cuidados com o pelo e é uma raça de pequeno porte.

Deixe uma resposta