Rinoplastia animal

#AgitoPet

Cirurgia plástica garante melhor respiração para cães e gatos das raças de focinho curto

Os donos de cães ou gatos de raças braquicefálicas, ou popularmente conhecidas como raças de focinho curto, como Buldogue francês, inglês, Pug e Pequinês, e nos gatos persas, sabem da dificuldade que eles têm de respirar, principalmente em dias muito quentes de verão e após uma caminhada. “Essa falta de ar é causada porque as vias aéreas são obstruídas, impedindo o fluxo adequado do ar até os pulmões. Eles geralmente roncam, fazem barulho ao respirar, têm intolerância a exercícios, entre outros sintomas. Além disso, como os animais fazem a troca de calor por meio da respiração, em temperaturas muito elevadas, é muito comum que eles cheguem a um caso de hipertermia, o que pode levar à morte”, alerta a médica veterinária e diretora da Animal Clinic, Ana Paula Ferreira Castro.

Mas, sabia que existe uma cirurgia plástica que melhora a qualidade respiratória desses bichinhos? É a rinoplastia animal. “A cirurgia é simples, feita no centro cirúrgico e com anestesia geral, e dura cerca de meia hora. É feita a retirada de excesso de palato mole e a correção da narina estreita, o que muda a vida desses pets”, explica a profissional.

A especialista ainda afirma que o pós-operatório é muito simples: o corte é pequeno, não sangra e no mesmo dia o cachorro pode ir para casa. O pré-operatório é como qualquer cirurgia: exames de sangue, check-up geral e, então, o procedimento é agendado com um cirurgião veterinário.

“Vale lembrar que para humanos, a rinoplastia é estética, mas para animais, é com foco na saúde deles, para melhorar a qualidade de vida, principalmente na estação mais quente do ano”, finaliza.

Deixe uma resposta